Ultimas Noticias...

domingo, 4 de janeiro de 2015

Bombeiros Sapadores de Setúbal




Em 1786 o Município já dispunha de bombas para extinção de incêndios, o que não dispunha era de verba para pagar a pessoal que ficasse adstrito a este equipamento.
Posteriormente, a 21 de Fevereiro de 1786 a Câmara concede a duas companhias de aguadeiros galegos, a distribuição de água pelas casas da vila, impondo-lhes a obrigação de estarem permanentemente preparados de dia e de noite para ocorrerem aos incêndios onde as bombas trabalhassem. Podemos considerar esta data, a da instituição do Serviço Municipal de Extinção de Incêndios que quase dois séculos depois se transformou na Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal em 21 de Fevereiro de 1982.
     O alarme de fogo era dado pelas torres das freguesias e conforme a zona assim eram as badaladas: S. Sebastião 10, Sta. Maria 15, S. Julião 20, Anunciada 25. Então o pessoal que se encontrava nas suas normais ocupações corria a casa da bomba que lhe competia e levava-a ao local do sinistro. Algumas destas bombas móveis ainda podem ser vistas no museu da Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal.
     A primeira bomba a chegar a um incêndio recebia uma gratificação de 3$600 réis como incentivo ao socorro rápido.




    Com o nascimento dos Bombeiros Voluntários aumentaram as rivalidades e eram frequentes as disputas e discussões, mesmo durante os combates aos incêndios.



Em 1930 a cidade foi separada em duas divisões e cada uma destas em duas secções e é neste período que se abandona definitivamente o alarme dado pelos sinos e se passa a avisadores da via pública, com telefones ligados directamente a sede dos bombeiros. Foram também nesta altura definidas as remunerações e vencimentos do pessoal.




(curiosidade)

     Guilherme Gomes Fernandes, o homem que deu origem ao Dia do Bombeiro, com o célebre Concurso Internacional de Bombeiros, em Vincennes, perto de Paris. Este concurso realizou-se em 18 de Agosto de 1900, consistia em fazer um exercício de fogo numa torre com três salvados. Das equipas, a primeira a realizar o exercício foi a equipa Americana, que fez a prova em 15 minutos. Depois foi a vez dos Bombeiros Húngaros que demoraram 16 minutos. Em terceiro lugar participaram os Portugueses, e visto terem demorado apenas 2 minutos e 55 segundos, as restantes 14 equipas desistiram perante este resultado espectacular. O Presidente da República Francesa, Émile Loubet, emocionado com o glorioso feito da nossa representação, aquando da entrega dos prémios, bradou para toda a assistência: "vivam os bombeiros portugueses"


Acontecimentos:

1786, 21 de Fevereiro - Instituição do Serviço Municipal de Extinção de Incêndios
1864, 11 de Dezembro - 1º Regulamento dos Bombeiros Municipais de Setúbal

1868, Fevereiro - Incêndio no Castelo de S. Filipe

1883 - Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Setúbal

1900 - Concurso Internacional de Bombeiros em Vincennes, França

1912 - Concentração de todas as estações no centro da cidade (Av. 5 de Outubro)

1934 - Aparecimento do 1º Comandante Militar dos Bombeiros em Setúbal

1951 - A organização do Corpo de Bombeiros passou a nível Nacional

1982 - Criação da Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal.

PARTILHA ISTO NA REDE SOCIAL !!!!!!!!

 
Copyright © 2014 Só te conto... . Designed by OddThemes | Distributed By Gooyaabi Templates