Ultimas Noticias...

domingo, 27 de janeiro de 2013

Chimpanzés podem reconhecer a justiça e a injustiça

 
Nos Estados Unidos, publicou os resultados de um estudo recente da Academia Nacional de Ciências, esta pesquisa rendeu um resultado interessante é que de acordo com a pesquisa os chimpanzés podem reconhecer a justiça e a injustiça, têm a capacidade de diferenciar o que é certo e o que não é. Para os cientistas esta descoberta seria um excelente ponto de partida para a compreensão da origem da rejeição de cada ser humano a atos de discriminação, desigualdade e injustiça.

Os cientistas realizaram testes em 20 crianças e seis chimpanzés adultos, a ideia era fazer com os jogos as pessoas tomar decisões, por isso realizaram um teste chamado de "jogo do ultimato", que é uma experiência correspondente a economia, que é desenvolvido para determinar a sensibilidade de um indivíduo com respeito à distribuição de recompensas entre dois indivíduos. Em chimpanzés formados por pares de dois receberam uma recompensa para a realização de uma tarefa, a recompensa deve ser dividido entre dois e na maioria dos casos era a distribuição equitativa.

A BBC informou entretanto que, segundo o guia de cores para escolher cada par a recompensa seria compartilhada entre os dois, o comportamento de chimpanzés e voluntários humanos foi que, em ambos os casos, a tendência foi a distribuição de recompensa metade e metade. Um dos cientistas responsáveis ​​pela investigação, Frans de Waal disse: "Até agora pensava-se que o jogo do ultimato não poderia ser usado em animais, porque eles achavam que sempre escolher a opção egoísta", mas de acordo com o estudo " É uma indicação de que os chimpanzés sabem muito bem reconhecer a justiça e a injustiça semelhante aos seres humanos têm preferências similares aos da nossa espécie ", concluiu o homem de ciência.

Algo semelhante foi apresentado no ano passado quando foi ao ar um documentário que conta a história de um pequeno chimpanzé chamado Oscar que mostrou que, além do senso de justiça também pode ser solidário, o documentário é a história de Oscar três anos, que perdeu a família, mas é logo encontrado por outra família de chimpanzés, o macho alfa chamado Freddie tinha o Oscar demostrava solidariedade com ele e recebeu proteção dentro do grupo.

PARTILHA ISTO NA REDE SOCIAL !!!!!!!!

 
Copyright © 2014 Só te conto... . Designed by OddThemes | Distributed By Gooyaabi Templates