Ultimas Noticias...

sábado, 15 de maio de 2010

Orgasmo fingido




I.Orgasmo verdadeiro ou falso?

Por ser muito grande o número de mulheres que apresenta dificuldade de orgasmo os homens estão sempre desconfiando da autenticidade do prazer de suas parceiras. Para se livrar da dúvida alguns tentam se especializar em misteriosa investigação e até procuram ler no olhar da parceira a certeza de que conseguiram proporcionar-lhe prazer. Há quem acredite que a prova do orgasmo feminino está nos olhos da mulher: "se ela revirá-los, mostrando o branco ou se ficar com olhos de carpa ou de pescada frita", afirmam eles. Mas conheci um rapaz que garantia não se confundir de jeito nenhum: "nessa hora as mulheres ficam com os lábios muito gelados". Será?

É claro que ocorrem mudanças corporais durante o orgasmo. Há aumento dos batimentos cardíacos e da pressão arterial, os músculos se contraem e aparece maior rubor na face, mas tudo isso pode não ser tão perceptível, principalmente se o homem estiver ansioso com o próprio desempenho. Contudo, a grande preocupação dos homens em saber se o prazer da mulher é verdadeiro ou falso nos leva a outra questão: por que tantas mulheres fingem o orgasmo?

II. Por que as mulheres fingem

É muito raro encontrar alguma mulher que nunca tenha fingido um orgasmo. Cerca de 35% delas fingem sistematicamente. As razões são distintas. Há casos em que, temendo ser considerada fria ou decepcionar o parceiro, ela não encontra outra saída.

Durante milênios a mulher aprendeu a ser submissa ao homem e a se esforçar para corresponder às expectativas dele. A falta de desejo sexual era um aspecto importante da feminilidade e condição para que ela fosse aceita e admirada. Entretanto, após a pílula anticoncepcional, nossa história começou a mudar e passamos, nas últimas décadas, por uma transformação radical no que diz respeito à sexualidade feminina. Quando o sexo foi dissociado da procriação, pôde se ligar exclusivamente ao prazer e a mulher, então, reivindicou e ganhou o direito a esse prazer. Seu orgasmo se aprimorou: do único e simples, num primeiro momento, ela descobriu o múltiplo e, a partir daí, também o Ponto G e a ejaculação feminina.

O homem, por sua vez, confuso com mudanças tão repentinas, encontrou no orgasmo da parceira um alento para o medo que o atormentava: o de não satisfazer a mulher e por isso ser trocado por outro. Situação que, sem dúvida, afectaria sua certeza de ser macho. Agora, ao contrário de outras épocas, o orgasmo feminino passou a ser importante para seu equilíbrio emocional. Muitas mulheres percebendo isso, e exactamente da mesma forma que suas mães e avós fizeram, se submetem ao homem. Embora se sintam cada vez mais livres no sexo e na vida, elas fingem o orgasmo porque ainda não se desligaram totalmente da ideia de que, para manter um homem ao seu lado, devem agrada-lo em tudo e nunca frustra-lo.

Entretanto, esse não é o único motivo para a mulher fingir orgasmo. Existem também mulheres que fingem o orgasmo porque não sentem tesão pelo marido e como não conseguem se separar deles por causa da forte dependência financeira ou emocional, evitam o sexo, alegando as mais variadas razões: dor de cabeça, cansaço, preocupação, sono. Quando sentem que não dá mais para fugir, transam por obrigação, sem vontade nenhuma, e então fingem o orgasmo para que o ato sexual seja o mais curto possível. E ao vê-las gozar, o marido se vê liberado para buscar logo o seu prazer e acaba logo, deixando-as em paz.

PARTILHA ISTO NA REDE SOCIAL !!!!!!!!

 
Copyright © 2014 Só te conto... . Designed by OddThemes | Distributed By Gooyaabi Templates